5 de ago. de 2021

[COVID-19] Depois de 90 dias afastado pastor José Wellington participa de culto

O pastor José Wellington Bezerra da Costa, 86 anos, presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em São Paulo, voltou a participar de cultos após 90 dias afastado; sua ausência se deu em virtude de teste positivo para covid-19 no último mês de maio; o presidente de honra da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil – CGADB, já nos primeiros sintomas se afastou das atividades eclesiásticas e buscou tratamento; em virtude da idade o líder assembleiano precisou ser internado, permanecendo hospitalizado por 31 dias, destes 09 entubado.

No período de internação, pôde ser visto nas redes sociais, programas de rádios, lives e outros meios de comunicação, milhares de pessoas orando, pedindo a Deus que preservasse a vida deste que é um dos pastores mais velhos na liderança de uma igreja no país. Em centenas de templo, inclusive de outras denominações foram feitas campanhas de oração pela restauração da saúde do líder.

Ainda em recuperação, pois segundo ele a doença veio para o matar “esta doença é terrível, veio para me matar; ela atacou os rins e o coração, mas graças a Deus e a oração dos meus amados irmãos, estou aqui”, no último domingo (1), pastor Wellington participou do culto de santa ceia no futuro templo-sede de sua Igreja, a AD Belém em São Paulo (SP); todos os departamentos louvaram ao Senhor de maneira especial, agradecendo a Deus pelo retorno do Pastor. Pastores Setoriais e Presidentes de Campos do Ministério com suas esposas marcaram presença nesta manhã especial.

Desde que assumiu a presidência do Ministério do Belém, em 06 de janeiro de 1980, está foi a primeira vez em que o pastor José Wellington se afastou por um período tão longo de suas atividades eclesiásticas.

Sem conter a emoção, num discurso banhado por lágrimas, o presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, pastor José Wellington Costa Junior, vice-presidente no Belenzinho e filho primogênito do pastor José Wellington, saudou o Patriarca, e em seguida orou com a Igreja agradecendo a Deus pelo retorno do Líder.










10 de jun. de 2021

Pastor José Wellington vence a Covid-19 aos 86 anos

 Presidente da AD Belém recebeu alta na tarde desta quinta (10) após cerca de trinta dias internado



Após quase trinta dias internado por ter contraído a Covid-19, o pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente de honra da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), presidente da Assembleia de Deus e Convenção do Estado de São Paulo, recebeu alta hospitalar na tarde desta quinta (10).

A notícia da ida para casa do Patriarca das Assembleias de Deus que completará 87 anos em 14 de outubro de 2021 foi dada via whatsApp pelo pastor José Wellington Costa Junior, filho primogênito do Pastor e atual presidente da CGADB; confira a mensagem:

Queridos pastores e irmãos, a Paz do Senhor a todos.
Trago informações a respeito do nosso pai e presidente.

Para honra e a Glória de nosso Deus, agora mesmo recebeu alta do Hospital e está a caminho de casa. Louvado seja Deus. Rendemos ao Senhor Jesus a nossa gratidão por mais esse milagre, Glória a Deus.

Em nome de nossa família, quero agradecer as orações, o carinho e apoio recebidos da Igreja e obreiros em geral.

Peço que continuem orando pelo nosso Pastor e por nossa família.

Sl 28.6

Bendito seja o SENHOR, porque ouviu a voz das minhas súplicas.
Um abraço
a todos e fiquem na paz do Senhor.

Pr. Wellington Júnior
10/06/2021

25 de mai. de 2021

Celebração dos 110 anos da Assembleia de Deus no Brasil: saiba como assistir

Evento ocorrerá em junho presencialmente nas cinco regiões do Brasil e com transmissão online


De 14 a 18 de junho, a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), sob a liderança do pastor José Wellington Costa Júnior realizará a Semana de Gratidão a Deus pelos 110 anos de fundação da denominação em solo brasileiro.

Serão cinco cultos em ações de graças, um em cada região do país:

14 de Junho - São Paulo/SP
15 de Junho - Curitiba/PR
16 de Junho - Cuiabá/MT
17 de Junho - Natal/RN
18 de Junho - Belém/PA

As reuniões serão presenciais, respeitando o decreto vigente de cada cidade em virtude da pandemia, por isso o público será limitado, o que não lhe impede de participar.

Todos os cultos serão transmitidos ao vivo pelo canal www.youtube.com/cgadboficial e redes sociais CGADB www.facebook.com/cgadb e www.instagram.com/cgadb; também pelo canal www.youtube.com/cpadvideo e também pelos canais oficiais e redes sociais das Convenções afiliadas e Igrejas.

Pastores Presidentes de Convenções e Igrejas, Ministros e Assembleianos de todo país participarão desta semana de louvor e adoração a Deus pelos seus feitos através da Assembleia de Deus. Ore por esta programação e participe.

Fonte: CGADB

16 de abr. de 2021

SP anuncia volta de cultos a partir de domingo com restrições

A `fase de transição´, entre a laranja e vermelha, também prevê a liberação gradual de setores da economia


O Governo de São Paulo anunciou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (16) uma nova fase do plano de flexibilização da quarentena, entre a vermelha e a laranja, e autorizou a abertura de comércios e atividades religiosas em horários reduzidos de funcionamento a partir deste domingo (18).

Os cultos voltam a ser presenciais com restrições de capacidade de até 25% de público e obediência às regras sanitárias.

Com a mudança, shoppings e lojas de rua, que só eram autorizadas a abrir a partir da fase laranja, vão poder operar já neste final de semana.

A medida foi definida pela gestão estadual como uma "fase transitória", e prevê a liberação gradual de outros setores da economia até o final de abril. No próximo sábado (24), poderão voltar a operar restaurantes, salões de beleza e academias.

"Para que possamos fazer essa retomada com segurança, sem perder todo o esforço realizado, nós estamos trazendo essa fase de transição, esse período de duas semanas que vai mostrar a nossa capacidade de trabalhar junto pela ciência da saúde, pela ciência da economia, pela ciência humana. Fazendo juntos o trabalho que é buscar proteger vidas, empregos, e combater a fome", disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico.

A limitação do público para até 25% da capacidade total de cada estabelecimento é uma criação desta nova fase de transição. Na fase laranja, os serviços podem operar com até 40% da capacidade.

A decisão ocorre após uma leve queda na taxa de internações por Covid-19 no estado, que está em torno de 85% nas UTIs, mas que para especialistas ainda indicam situação crítica do sistema de saúde.

Mudanças:

Restaurantes e lanchonetes podem ter atendimento presencial a partir do dia 24 de abril, das 11h às 19h, com público limitado a 25% da capacidade total.

Salões de beleza e cabelereiros podem ter atendimento presencial a partir do dia 24 de abril, das 11h às 19h, com público limitado a 25% da capacidade total.

Cinemas, teatros, museus, eventos e convenções podem funcionar partir do dia 24 de abril, das 11h às 19h, com controle de acesso, público sentado, assentos marcados e público limitado a 25% da capacidade total;

Academias, clubes e centros esportivos podem funcionar partir do dia 24 de abril, das 7h às 11h e das 15h às 19h, apenas para atividades físicas individuais agendadas, com público limitado a 25% da capacidade total.

Fonte: Guiame / Com informações G1 e CNN Brasil / Foto: Reprodução / Governo de SP (16.04.21)

13 de abr. de 2021

Projeto de Deputado da AD visa aumentar pena de crimes cometidos em locais religiosos

Segundo deputado Pastor Gil da AD no Maranhão: a mudança punirá com mais rigor episódios de violência e preconceito religioso

Pastor Gil é membro da Assembleia de Deus no Estado do Maranhão
(Foto Najara Araújo)

O Projeto de Lei 162/21 aumenta a pena de crimes cometidos em quaisquer locais destinados a cerimônias ou cultos religiosos. A proposta, em análise na Câmara dos Deputados, inclui essa previsão no Código Penal, no rol das circunstâncias que sempre tornam o crime cometido mais grave.

O autor, deputado Pastor Gil (PL-MA), destaca que a mudança vai punir com mais gravidade episódios de violência e preconceito religioso no Brasil. “Temos enfrentado tempos violentos e, por isso, precisamos tomar medidas preventivas para que não se agrave o cenário que temos vivenciado diariamente em todo o País”, justifica.

Tramitação
A proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), antes da votação pelo Plenário da Câmara dos Deputados.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Pierre Triboli

Fonte: Agência Câmara de Notícias