24 de mai de 2018

Centenário da Assembleia de Deus no Rio Grande do Norte é celebrado na Assembleia Legislativa


O centenário da Assembleia de Deus no Rio Grande do Norte foi celebrado na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (24) em sessão solene de propositura do deputado Albert Dickson (PROS).

"Nesse centenário, vamos destacar o trabalho de 100 de pessoas que, de alguma forma, contribuíram para a obra evangélica que foi iniciada em 24 de maio de 1918. Há 33 anos que ingressei em um templo da Assembleia de Deus e desde então minha formação cristã, com o comprometimento com a coletividade, vem sendo alicerçada na igreja", destacou o deputado Albert Dickson.

Outro deputado com identificação evangélica, Jacó Jácome (PSD) expressou gratidão. "A Deus, pelos primeiros que iniciaram essa história. Gratidão a Deus pela vida dos homens que, sob a sua orientação, e mulheres e jovens, que são a nossa força, formaram essa igreja que tem modificado vidas", enalteceu o parlamentar.

Presidente da Assembleia de Deus no Rio Grande do Norte, o pastor Marquinhos Alves conclamou a todos a celebrar o centenário em evento previsto para o sábado, na Arena das Dunas.

"Será uma celebração do verdadeiro crente pentecostal, que é aquele pregador do evangelho. Ultrapassamos as fronteiras do nosso país e alcançamos todos os continentes. Hoje, com nosso propósito, mantemos a obra iniciada há 100 anos com disposição e fé", celebro o presidente da Assembleia de Deus.

Quase 1.200 templos no Rio Grande do Norte e quase 15 mil obreiros, a denominação religiosa está presente em todos os municípios. Seu centenário, na Assembleia Legislativo, foi prestigiado ainda pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Dilermando Mota, e pela vereadora Carla Dickson, que representou o presidente da Câmara de Vereadores, Raniere Barbosa.









  


EXPOSIÇÃO CONTA A HISTÓRIA DE 100 ANOS DA ASSEMBLEIA DE DEUS NO RN



Para contar a história de 100 anos de atuação da Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Rio Grande do Norte (IEADERN), a Assembleia Legislativa abriu nesta segunda-feira (21), a Expo Centenário. A exposição, no Salão Nobre Iberê Ferreira de Souza, com fotos, textos e vídeos, ficará em cartaz durante toda a semana sendo encerrada na sexta-feira (25).

“Contamos a história de uma igreja que prega o Evangelho, acolhe vidas em Cristo e tem um papel social muito importante para o nosso estado”, explicou o deputado Jacó Jácome (PSD), responsável pela exposição. O parlamentar seguirá acompanhando as comemorações do centenário que serão encerradas no sábado (26), com um culto para 45 mil pessoas na Arena das Dunas a partir das 14h.


A Igreja Assembleia de Deus do RN tem mais de 220 mil membros nos 1.600 templos espalhados por todo o Estado. São 263 congregações somente na capital. A IEADERN é ainda mantenedora do Centro Integrado de Assistência Social da Assembleia de Deus (Ciade), que engloba o Lar Bom Samaritano, hoje abrigando 22 idosas e oferecendo suporte médico, psicológico, nutricional e jurídico 24 horas por dia. Também é mantenedora de missões transculturais em 12 países de 3 continentes diferentes.

FONTE: ALRN

Cerca de 70 mil pessoas morrem todos os dias sem conhecer Jesus, dizem missionários



Bastou uma única cópia do Evangelho de João para transformar uma tribo de animistas em seguidores e pregadores de Jesus Cristo. Foi o que disse um líder missionário no Dia Internacional da Oração pelos não-alcançados, no último domingo.

No entanto, quase dois bilhões e meio de pessoas em todo o mundo nunca ouviram falar do Evangelho, e cerca de 70 mil morrem todos os dias sem conhecer Jesus, segundo uma aliança de igrejas e organizações ministeriais de missões.

A aliança de igrejas apresentou histórias inspiradoras de vários grupos missionários auxiliados pela Focus on the Family que convida todos os cristãos a cumprir a Grande Comissão e levar as palavras de Jesus ao redor do mundo na próxima geração.

Ruth Kramer, da Mission Network News, disse que os cristãos “concordam que o Evangelho é transformacional”, mas ressaltou que o grande número de pessoas que ainda não ouviram o Evangelho apresenta um desafio significativo para igrejas e ministérios.

John L. Pudaite, presidente da Bibles for the World (Bíblias para o Mundo), foi um dos vários líderes missionários que compartilharam histórias de sucesso sobre levar pessoas a Cristo. Ele revelou que seu ministério trabalhou em mais de 120 países ao longo dos anos, embora tenha dado atenção especial à China, onde disse que seus antepassados ​​vieram de vários séculos atrás, quando estavam migrando para a atual Índia.

Ele disse que, como uma “tribo animista, semi-nômade, eles haviam adotado uma prática muito desagradável de caçar cabeças. Isso foi antes do Evangelho chegar há 100 anos”. Pudaite observou que tudo o que foi necessário foi uma “cópia única do Evangelho de João e uma breve visita de acompanhamento pelo missionário que nos enviara”. Ele diz que seu povo foi “transformado de caçadores de cabeças, em caçadores de corações para Jesus Cristo”.

“Vimos que se espalhou pela nossa tribo quando meu avô, um dos primeiros cristãos, e os outros cristãos primitivos levaram a mensagem da salvação para outras tribos”, revelou ele.

Outros grupos missionários falaram de seu trabalho em países da África e do Sudeste Asiático. Marv Newell, vice-presidente sênior da MissioNexus, explicou que a Malásia há muito tempo serve como um canal para o Islã.

“Eles não acreditam que Jesus veio como Deus em carne, eles não acreditam em Sua morte e ressurreição”, disse ele sobre os muçulmanos.

“Os muçulmanos compõem 1,5 bilhão de pessoas e fazem parte dos não alcançados”, observou ele, acrescentando que os cristãos devem ser lembrados de que “precisamos ganhar essas pessoas para Cristo também”, finalizou.

FONTE: Geração JC

22 de mai de 2018

Região Sudeste recebe a primeira edição do Impactar em 2018


Evento acontece entre os dias 25 e 27 de maio na AD Aribiri, em Vila Velha (ES), e as inscrições ainda estão abertas


Entre os dias 25 a 27 de maio, acontecerá na Assembleia de Deus Aribiri, em Vila Velha (ES), a primeira edição do ano do IMPACTAR - Encontro Nacional da Juventude Assembleiana, que tem como objetivo confrontar os jovens a fazer a diferença e impactar todos os setores da sociedade transmitindo através de suas vidas a mensagem do Evangelho.


Nesta edição, entre os preletores estão os pastores Luaran Lins, Ciro Sanches, Jamiel Lopes, Nilton Didini, Reginaldo Ribeiro, Valmir Nascimento e Josué Brandão e a Dra. Valquíria Salinas. O louvor e adoração ficarão por conta dos cantores com selo CPAD Music,Raphael Dias e Míria Mical.

Para se inscrever basta acessar o site www.cpadeventos.com.br/eventos/impactar-es/, preencher o formulário de inscrição e efetuar o pagamento via depósito bancário ou cartão de crédito; ou então, pelos telefones (21) 2406-7390 ou 2406-7352. A inscrição que custa R$ 30,00, podendo ser paga à vista ou em 02 x de R$ 15,00, inclui todo o material do evento (crachá, pasta, bloco, apostila, caneta e certificado) e refeição (almoço e jantar para os dias 26 e 27 de maio de 2018).

O que está esperando? Faça já a sua inscrição!

Serviço:
Local: AD Aribiri, Vila-Velha (ES) - Av. Carlos Lindberg, 1435. Vila-Velha - ES.
Site: www.cpadeventos.com.br/eventos/impactar-es/
Telefones: (21) 2406-7390 / 7400 - Fax: (21) 2405-7343
E-mail: eventos@cpad.com.br

FONTE: CPAD EVENTOS