23 de abr de 2018

Programa Movimento Pentecostal 07 - 21/04/18 - CGADB/CPAD


A paz do Senhor queridos leitores do meu Blog!

Se você perdeu a última edição do Programa de TV das Assembleias de Deus no Brasil, que é produzido pela Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) e a Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), o Programa Movimento Pentecostal, que foi ao ar no sábado passado, 21 de abril de 2018, não fique triste, você pode assistir aqui.


Em mais esta edição, apresentada pelo Pr. João Barbosa, o Pr. Wellington Júnior ministra sobre Marcos 5.41,42. Gleide Dammas canta “Ele Vai Voltar”. A irmã Lídia Dantas, fala sobre mulheres que tiveram um encontro com Jesus. O Pr. Esequias Soares fala sobre a Natureza das Línguas. O repórter Jorge de Andrade fez uma matéria na Vila Kennedy, que está sob Intervenção Federal. No quadro MILAGRES você verá o testemunho da irmã Gerusa Nunes Valverde, além de conferir no giro de notícias como foi a Escola Bíblica da AD em Betim/MG e da CIMADEMIGO, que reuniu mais de 30 mil pessoas.

Programa Movimento Pentecostal 07 - 21/04/18 - CGADB/CPAD


A paz do Senhor queridos leitores do meu Blog!

Se você perdeu a última edição do Programa de TV das Assembleias de Deus no Brasil, que é produzido pela Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) e a Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), o Programa Movimento Pentecostal, que foi ao ar no sábado passado, 21 de abril de 2018, não fique triste, você pode assistir aqui.


Em mais esta edição, apresentada pelo Pr. João Barbosa, o Pr. Wellington Júnior ministra sobre Marcos 5.41,42. Gleide Dammas canta “Ele Vai Voltar”. A irmã Lídia Dantas, fala sobre mulheres que tiveram um encontro com Jesus. O Pr. Esequias Soares fala sobre a Natureza das Línguas. O repórter Jorge de Andrade fez uma matéria na Vila Kennedy, que está sob Intervenção Federal. No quadro MILAGRES você verá o testemunho da irmã Gerusa Nunes Valverde, além de conferir no giro de notícias como foi a Escola Bíblica da AD em Betim/MG e da CIMADEMIGO, que reuniu mais de 30 mil pessoas.

Programa Movimento Pentecostal 06 - 14/04/18 - CPAD



11 de abr de 2018

O professor de Escola Dominical na era digital



Lembro-me, saudoso, das primeiras aulas que ministrei na ED, em 1988, quando ainda não havia textos com subsídios para a lição do próximo domingo e videoaulas na grande rede. Aliás, naquele tempo, sequer sabia o que era navegar pela web! Empunhando a minha primeira Bíblia — que hoje faz parte do meu museu particular, aqui em casa — e um exemplar de Lições Bíblicas, falava com certa desenvoltura, para um jovem de apenas 18 anos, a uma classe de juvenis bastante atenta. À época, também não existia smartphone para desviar a atenção dos alunos.

Não era muito fácil preparar uma aula de ED, no fim do milênio passado. Eu começava a orar e a estudar a próxima lição desde a segunda-feira; e fazia questão de ler cada texto bíblico, procurando encontrar na própria Palavra de Deus as respostas para as principais perguntas que os jovens poderiam fazer. Mas também dispunha de um dicionário bíblico que ganhara da minha mãe, além de uma concordância abreviada, alguns livros especiais — de autores como Antonio Gilberto, Eurico Bergstén, Abraão de Almeida, Severino Pedro da Silva etc. — e um minidicionário da língua portuguesa.

Como os tempos mudaram! Agora vivemos na era digital e fazemos parte da sociedade de informação — uma das marcas dos tempos pós-modernos —, que opera com base numa rede de comunicação organizada. Trata-se da Internet, criada em 1969, a qual cobre todo o globo e é responsável por conectar a world wide web (rede mundial de computadores, mais conhecida pela sigla www), inaugurada em meados dos anos de 1990. A era digital, tecnológica ou da interatividade é regida pela cibernética, palavra que deriva da Bíblia: do substantivo “piloto” (gr. kubernētēs) e do verbo “governar” ou “controlar” (gr. kubernesis), que aparecem no Novo Testamento (At 27.11; Ap 18.17 e 1Co 12.28).

O que é a cibernética?

É a ciência que tem por objeto o estudo comparativo dos sistemas e mecanismos de controle automático, regulação e comunicação nos seres vivos e nas máquinas. E a sociedade de informação? Três conceitos básicos a definem: a convergência midiática, a inteligência coletiva e a cultura participativa. Em outras palavras, não somos mais meros receptores de dados e informações; antes, interagimos, contribuindo para produzir novas ideias e ações. Entretanto, essa necessidade de interação gera dependência da tecnologia. E, como o espaço geográfico está cada vez mais integrado às inovações tecnológicas e informacionais, boa parte da humanidade não vive mais sem a Internet.

Há pouco tempo, ficávamos felizes por haver wireless fidelity (WiFi) em um hotel ou restaurante. Hoje, nos irritamos se não houver esse tipo de conexão sem fio nos mencionados estabelecimentos. Não perguntamos mais: “Aqui tem WiFi?”, e sim: “Qual é a senha do WiFi?” Além disso, muitos de nós já dispõem de um bom plano de 4G para smartphone, haja vista não ser possível viver desconectado. Qual professor de ED, nesses tempos, prepara sua aula sem consultar as fontes disponíveis na Internet? Grande tem sido o impacto da cibernética na educação. Mas, para quem vem do século passado, como este articulista, o que mudou, efetivamente, na preparação e na apresentação das aulas de ED?

Sem dúvida, os avanços tecnológicos modificaram a leitura, a escrita e até mesmo a maneira de pensar, visto que a transição da era industrial para a digital foi — e tem sido — a mais radical transformação da história intelectual, desde a invenção do alfabeto grego. Aceitemos ou não, tais avanços fazem parte do nosso dia a dia. A escrita cursiva, por exemplo, está caindo em desuso. E já há escolas, sobretudo na Europa, abolindo a caligrafia. Como não seria plausível viver desconectado, rechaçando os benefícios da era digital, precisamos conhecer bem os riscos cibernéticos, para que não nos privemos, por causa destes, dos excelentes recursos tecnológicos à nossa disposição.

O professor de ED que sabe usar a Internet não se limita a dar aulas aos domingos, mas interage o tempo todo com os seus alunos. Quem sabe utilizar as ferramentas tecnológicas se torna um professor multitasking (multitarefa), que pode escrever textos ou gravar vídeos e publicá-los em seu blog (ou weblog), nas redes sociais ou compartilhá-los por meio de aplicativos de mensagens, como WhatsApp. A colaboração ou interação entre professor e aluno é uma relação de cooperação que beneficia a ambos. Aliás, essa interatividade não fica restrita a eles, pois pessoas de qualquer lugar do mundo podem participar — exceto quando o assunto diz respeito exclusivamente à classe — lendo, assistindo a vídeos, perguntando, respondendo, fazendo com que haja uma grande simbiose, que resulta em aprendizagem de todos.

Por outro lado, como o professor ganha ferramentas que lhe permitem, entre outras coisas, apresentar conteúdo multimídia a seus alunos e monitorar sua audiência como um todo, ele passa também a acumular uma série de novas tarefas: produzir e alimentar suas páginas e blogs, bem como estar atento a cada mensagem enviada por seus alunos. Além disso, às vezes, pode sofrer ataques pessoais. Como reagir a isso? Há que se ter cuidado com críticas e elogios (Pv 15.1 e 26.4,5), além de saber “responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (1Pd 3.15).

Uma coisa é certa: Internet é realmente útil; e não deve ser vista como algo negativo, já que amplia nossas possibilidades de ensino e aprendizado. A CPAD, por exemplo, há três anos, produz as Lições Bíblicas no formato digital, o que é uma excelente ferramenta para o professor e também para o aluno de Escola Bíblica Dominical. Mesmo assim, é claro que precisamos lançar sobre as ferramentas da era digital um olhar crítico e saber como usá-las. Um exemplo, aqui, é o texto para web, o hipertexto (hypertext) — cujo prefixo advém do grego hiper, “acima de”, equivalente do latim super —, o qual é um supertexto na tela, com hyperlinks (ícones, palavras etc.) para outros textos, vídeos, gráficos etc.

Objetivando facilitar a interação e fomentar o aprendizado, as redes sociais vêm aprimorando as antigas listas de discussões e fóruns, acrescentando-lhes um visual mais limpo e elaborado, com diferentes graus de interatividade, acompanhados de recursos audiovisuais, o que torna a experiência de compartilhar informações ainda mais enriquecedora na Internet. O leitor já tem um blog ou um canal no YouTube? Estes são muito úteis para publicação de textos e vídeos, e tudo pode ser organizado em forma de mural ou diário eletrônico.

Blogs são ótimas ferramentas para desenvolver e aprimorar as habilidades de leitura e escrita. Mas há também outros recursos, como Twitter e Facebook. Com o primeiro, você pode publicar frases de até 140 caracteres e compartilhar links para textos ou vídeos; o ideal é usar essa ferramenta em conexão com páginas e blogs. Com o outro, é possível interagir melhor com os alunos. Outrossim, use hashtags, palavras-chave antecedidas pelo símbolo “#”, que geram hyperlinks, como #LicoesBiblicas, #AulaEBD etc., os quais possibilitam que outras pessoas tenham acesso às suas publicações.

Portanto, caro professor, navegar é preciso. Conecte-se! Esteja atento ao que acontece no mundo digital. Interaja com seus alunos; eles vão gostar disso. Mas não se esqueça do principal. Nunca perca o fervor, a espiritualidade. Jamais se afaste do estudo das Escrituras. Se Jesus andasse na terra, hoje, usaria todos os recursos à sua disposição, porém continuaria se retirando, “a fim de orar sozinho” e passar “a noite orando a Deus” (Mt 14.23 e Lc 16.12, ARA). #FicaADica.

Pr. Ciro Sanches Zibordi

10 de abr de 2018

AD na Paraíba prepara programação especial em 2018 para comemorar o centenário


Jesus Cristo salva, cura, batiza com o Espírito Santo e breve voltará. É com este tema fervoroso e pentecostal que a Assembleia de Deus na Paraíba comemora seu centenário, neste ano de 2018. As festividades devem acontecer durante todo o ano, com uma programação que contemplará todas as regiões do Estado, e terminará com o evento especial de encerramento, de 03 a 09 de dezembro, no Centro de Convenções Ronaldo Cunha Lima, em João Pessoa.

Para dar início às festividades, a ADPB vai realizar as Escolas Bíblicas Centenárias, com ênfase na Palavra de Deus, que devem acontecer em várias cidades da Paraíba. Além das escolas bíblicas, a igreja vai realizar a distribuição de 1 milhão de literaturas evangelísticas em todo o Estado, com a ajuda de seus membros. Também serão feitas cruzadas evangelísticas em cidades não contempladas com as escolas bíblicas centenárias, vigílias e os pré-congressos dos departamentos da igreja.

No ano do centenário, a Assembleia de Deus na Paraíba se propõe a fazer uma reflexão sobre a história da igreja no Estado e ter contato com os familiares dos irmãos que deram início a esse belo trabalho evangelístico, sobretudo resgatando essa história, para que a igreja do presente conheça suas raízes. Além disso, a ADPB pretende enfatizar seu papel missionário e trabalhar para a implantação de templos nos distritos paraibanos que ainda não possuem uma congregação assembleiana.

Para o pastor José Carlos de Lima (presidente da ADPB, COMADEP e UMADENE) comemorar 100 anos é um grande privilégio concedido pelo Senhor: “Deus nos tem feito prosperar e chegou o tempo de celebrarmos ao Senhor com grande júbilo. Por isso eu peço que a igreja se envolva nessas comemorações, não importando a faixa etária! Convoco as crianças, os adolescentes, os jovens, os adultos e os anciãos para a grande festa do Centenário! São 100 anos anunciando que Jesus Cristo salva, cura, batiza com o Espírito Santo e breve voltará”.

FONTE: Site ADPB

Garanhuns recebe 3º evento alusivo ao Centenário da AD em Pernambuco


Mesmo com chuva, milhares de pessoas participaram do evento que mobilizou toda a cidade




O dia foi todo de chuva, mesmo assim, não foi suficiente para evitar que milhares de pessoas comparecessem à Praça Guadalajara, no centro de Garanhuns, Agreste pernambucano, para participarem do 3º evento alusivo ao Centenário da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE).

A partir das 17h, as primeiras pessoas já chegavam para se acomodarem nas mais de 10 mil cadeiras que foram colocadas no local. Um público de aproximadamente 15 mil pessoas participou no evento, que foi realizado com o apoio de 370 voluntários, liderados pelo Pastor Local, Cândido de Freitas.

A programação contou com a participação de um Grande Coral de Mulheres, com mil vozes, um Grande Coral de Jovens, também com mil vozes, cantores locais e convidados. Caravanas vindas das cidades de: São João, Paratama, Jucati, Brejão, Angelim, Capoeiras, Jupi, Caetés, Calçado, Saloá, Terezinha, Lajedo, Lagoa do Ouro, Canhotinho, Correntes, Bom Conselho, Palmeirina, Iati, Jurema e Águas Belas, também participaram do evento, além de irmãos vindos de Recife, Região Metropolitana e outras cidades do Estado.

Por volta das 18h30, o Pastor Presidente da IEADPE, Ailton José Alves, iniciou o Culto Oficial. O Pr. Luiz Mário, Secretário da Igreja, foi convidado para cantar os hinos congregacionais com todos os presentes. Após esse momento, o vídeo institucional do centenário, que conta com a participação da Ir. Ruth Carlson falando um pouco sobre o início da igreja aqui no Estado, através do trabalho missionário realizado pelos seus pais, Joel e Signe Carlson, foi exibido, emocionando mais uma vez a todos. Logo em seguida, o Hino Oficial do Centenário foi cantado em uníssono pelos presentes.

A leitura oficial foi feita pelo Pastor Vice-presidente da Convenção de Ministros da Assembleia de Deus em Pernambuco (Conadepe), Samuel de Oliveira, e a ministração da Palavra foi realizada pelo Ev. Eslijanai Carlos, que pregou sobre o tema: “Que homem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem”? ( Mc 4.41).

O preletor mencionou que Jesus é o dono de todo o poder, por tanto, pode operar todas as coisas na vida de Seus filhos e tem o controle de tudo em Suas mãos. Confirmando, através de citações bíblicas, que Jesus é o centro das Escrituras e é apresentado como a solução para todos os problemas da humanidade. “Jesus Cristo é vida, vida, vida em abundância”, disse antes de lançar o convite à multidão que lhe ouvia.  Ao final, 128 pessoas aceitaram a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas.

Este foi o 3º evento alusivo ao Centenário da IEADPE realizado. Os dois primeiros aconteceram na cidade de Petrolina e Goiana, respectivamente. As próximas celebrações acontecerão nas cidades de: Ouricuri (12/05), Arcoverde (09/06), Palmares (14/07) e Caruaru (11/08).

FONTE: Site Oficial da IEADPE






















9 de abr de 2018

Faça já sua inscrição no Concurso Nacional Crente Bom de Bíblia 2018

Período de inscrições termina no dia 30 de abril; grande final será realizada no Rio de Janeiro, nos dias 16 e 17 de novembro





Faltam apenas três semanas para o encerramento das inscrições da segunda edição do Concurso Nacional Crente Bom de Bíblia! Os interessados podem se inscrever pelo site oficial, até o dia 30 de abril. Vale lembrar, que a inscrição é gratuita para todas as categorias de faixa etária:  Kids: 7 a 11 anos; Adolescentes: 12 a 17 anos; Jovens: 18 a 25 anos; e  Adultos: a partir de 26 anos.

O Concurso Nacional CBB tem como objetivo continuar mobilizando todos os crentes a lerem e a estudarem ainda mais a Bíblia em seus lares e igrejas, promovendo assim um contato permanente com a Palavra de Deus.

A primeira edição do concurso realizada em 2017 foi um sucesso, e para este ano, a CPAD traz muitas novidades para aqueles que amam estudar a Palavra de Deus e almejam alcançar o título de melhor Crente Bom de Bíblia do Brasil.

Nesta edição, entendendo que é preciso alcançar as gerações futuras, uma das grandes novidades é a inclusão da categoria Kids, que permitirá que crianças de 7 a 11 anos participem também deste evento. Além disso, outra novidade são as premiações que serão iguais para todas as categorias: 1º Lugar - Dez mil reais, Troféu de Campeão, Kit Bíblias de Estudo e Certificado; 2º Lugar - Kit Bíblias de Estudo e Certificado; e 3º Lugar - Kit Bíblias de Estudo e Certificado.

O Crente Bom de Bíblia será dividido em duas etapas. Acompanhe:

1ª Fase online: 1º de julho a 14/08/2018
2ª Fase presencial: A Grande Final será realizada nos dias 16 e 17 de novembro de 2018, no Rio de Janeiro. A viagem de todos os finalistas será custeada pela CPAD, conforme descrito no regulamento.

A FASE ONLINE: será dividida em 3 momentos
1º) Nível Fácil -  1 a 15/07/2018
2º) Nível Médio – 16 a 31/07/2018
3º) Nível Avançado – 1 a 14/08/2018

A GRANDE FINAL: Ocorrerá em 2 dias, conforme discriminado abaixo
Dia 16/11/2018 – Grande final das categorias KIDS e Adolescentes
Dia 17/11/2018 – Grande final das categorias Jovens e Adultos

No concurso não há reprovação, apenas classificação. Após essa fase online, serão classificados para a grande final apenas o 1º e 2º lugar de cada região do nosso país, totalizando 10 finalistas de cada categoria.

Os inscritos que participarem de TODA a fase online receberão certificado de participação no Concurso Nacional Crente Bom de Bíblia.

Para mais informações acesse:

3 de abr de 2018

CGADB e SENAMI promovem eventos com foco em Missões


Simpósios Nacionais de Missões contemplam todas as regiões do Brasil


A Secretaria Nacional de Missões (SENAMI), em parceria com a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), e com o apoio da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), irá realizar durante os próximos quatro anos, Simpósios Nacionais de Missões em todas as cinco regiões do Brasil. Com o tema: "Para que Todos os Povos da Terra Conheçam o Teu Nome" (2 Cr. 6.33), cada evento visa promover a união das Secretarias de Missões em prol da evangelização.

Segundo o diretor da Senami, pastor Saulo Gregório, o principal objetivo dos eventos é unificar e propiciar uma maior interação entre os secretários de missões do país. "Nosso desejo é ampliar o conhecimento de nossos secretários e fomentar a troca de experiências entre eles. Peço que nos ajudem em oração para que o Senhor realize tudo aquilo que já colocou em nossos corações, unir o Brasil para evangelizar o mundo!", enfatizou.

Anote as datas dos próximos eventos em sua agenda e não deixe de participar:

Simpósio Nacional de Missões - Rio Branco (AC)
Data: de 15 a 17 de junho/2018
Local: Teatro Universitário da UFAC
Endereço: Campo Universitário, BR-364 - Km 04, Distrito Industrial - Rio Branco (AC).

1º Encontro Nacional de Secretários de Missões - Vila Velha (ES)
Data: de 10 a 12 de agosto/2018
Local: Assembleia de Deus Nova América - Vila Velha (ES).
Endereço: Rua Ana Meroto Stefanon 190, Nova América Vila Velha (ES).

Simpósio Nacional de Missões - Caxias do Sul (RS)
Data: de 12 a 14 de outubro/2018
Local: Assembleia de Deus
Endereço: Rua Pinheiro Machado 3169, São Pelegrino, Caxias do Sul (RS)

Cada evento terá o seguinte sistema individual para fazer a sua inscrição:
Inscrição: R$80,00 (com material e alimentação) R$50,00 (apenas material).
Informações: Tel.: (21) 2406-7352 / 2406-7390
E-mail: eventos@cpad.com.br

Fonte: CPAD NEWS

2 de abr de 2018

[NOTA DE FALECIMENTO] - Pr. Agnaldo Muniz presidente da União da Mocidade das ADs em RO

Pastor Agnaldo Muniz era o presidente da
UMADERON
União da Mocidade das Assembleias de Deus
no Estado de Rondônia

Com pesar comunicamos o falecimento do Pastor Agnaldo Muniz, presidente da União da Mocidade das Assembleias de Deus no Estado de Rondônia (UMADERON), órgão da Convenção Estadual de Ministros das ADs  no Estado de Rondônia (CEMADERON).

Na tarde do último domingo (01), após pegar uma aquaplanagem na BR-319 Km 43, colidiu seu veículo com um poste e não resistindo aos ferimentos veio a falecer no local.

Pr. Agnaldo era advogado, nascido em Assis Chateaubriand (PR) no dia 31 de agosto de 1970, veio para Rondônia na década de 1980, filho do Pr. Sadraque Muniz e irmã Dinah Cordeiro Muniz (atualmente pastor presidente da IEAD em Ji-paraná) e esposo da irmã Cláudia Luchtenberg, filha do Pr. Nelson Luchtenberg e irmã Ivonete Luchtenberg, presidente da CEMADERON.

Foi líder de jovens do templo-central da AD de Porto Velho (RO), sempre atuante na obra do Senhor, foi Diácono, foi Presbítero, Professor da EBD e EETAD, Conselheiro Fiscal e Jurídico da CEMADERON e atualmente era presidente da UMADERON.

VELÓRIO E SEPULTAMENTO:
Seu velório será a partir das 00h no templo-central da AD em Porto Velho sito a Rua José de Alencar, 3286 - Centro, o sepultamento está previsto para as 15h da tarde desta segunda (02).

"Sabemos que, se for destruída a temporária habitação terrena em que vivemos, temos da parte de Deus um edifício, uma casa eterna nos céus, não construída por mãos humanas." 
(2 Coríntios 5:1)

FONTE: UMADERON

Conheci o Pr. Agnaldo em 2017 na cidade de Ji-Paraná (RO), na Igreja presidida por seu pai, pastor Sadraque Muniz, quando a CGADB/CPAD realizou ali o Liderar Norte; pessoal querida, hospitaleira e muito dinâmica, sem dúvidas fará falta no ceio de sua família e da AD no Brasil. À todos os nossos sentimentos neste momento de dor.

1 de abr de 2018

[ASSISTA AQUI] - Programa Movimento Pentecostal 04 - 31/03/18


Perdeu o programa da Assembleia de Deus "Movimento Pentecostal" que foi ao ar pela Rede TV no último sábado, 31 de março de 2018, assista aqui.