26 de jun de 2019

AD em São Paulo (SP) se prepara para mais uma EBO

Ministério do Belém realiza de 22/09 a 07/10 a 73ª edição da Escola Bíblica Obreiros


De 22 de setembro a 07 de outubro de 2019, a Assembleia de Deus em São Paulo – Ministério do Belém (ADBelém) e a Convenção Fraternal das ADs no Estado de São Paulo (CONFRADESP), sob a liderança do pastor José Wellington Bezerra da Costa realizará a 73ª Escola Bíblica de Obreiros sob o tema “Dá instrução ao sábio e ele se fará mais sábio” Pv. 9:9.

O evento que é coordenado pelo pastor José Wellington Costa Junior, vice-líder da Igreja e presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), terá como nos anos anteriores a duração de 16 dias ininterruptos com reuniões durante todo o dia, das 8:30h as 12h com intervalo para almoço das 12h às 14h; a tarde das 14h às 16:30h com intervalo para o jantar das 16:30h as 18h e a noite das 19h às 21h, sem custo de inscrição, pois a alimentação é gratuita.

“Ungidos homens de Deus, experientes ensinadores estarão sendo usados por Deus para nos ministrar a santa e gloriosa palavra do Senhor. Aguardamos a todos os nossos companheiros para mais este período festivo” declara pastor José Wellington.

Programe-se e participe; forme a sua caravana.

Por Tiago Bertulino
Comunicação ADBelém/CONFRADESP



16 de jun de 2019

Marido da deputada Flordelis é assassinado em Niterói


Pastor Anderson do Carmo de Souza foi executado em sua casa, em Pendotiba, com diversos tiros
O marido da deputada federal e cantora evangélica Flordelis (PSD/RJ) foi assassinado na madrugada deste domingo (16), em Pendotiba, Niterói. Segundo informações, Anderson do Carmo de Souza foi executado por volta das 4h, com diversos tiros, pouco tempo após chegar em casa.

Uma equipe do 12º BPM foi acionada com a informação de uma tentativa de homicídio no local onde Anderson foi baleado. A vítima já havia sido socorrida pelos familiares e levada para o Hospital Niterói D’Or, em Santa Rosa, mas ela não resistiu aos ferimentos. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI). A Civil informou que uma perícia foi realizada no local e no carro da vítima e que diligências estão sendo realizadas.

O velório será realizado neste domingo (16), a partir das 17h, no Ministério Flordelis, e o enterro acontece na segunda-feira (17), às 11h, no Memorial Parque Nycteroy, em São Gonçalo.

Sensação de estar sendo seguida

Segundo relatos das testemunhas para os PMS, Anderson e a Flordelis estavam voltando de uma confraternização quando, na altura do Mc Donald's de São Francisco, a deputada teve a sensação de estar sendo seguida por duas motos. Quando já estavam dentro da residência, Anderson teria voltado na garagem dizendo que ia buscar algo que havia esquecido no carro.

Familiares relataram ainda que, logo em seguida, foram ouvido os tiros. E que, logo após os disparos, familiares desceram e encontraram Anderson baleado próximo ao carro.

'Flordelis está abalada', diz assessor

O assessor de Flordelis disse que a deputada está muito abalada com tudo o que aconteceu. Neste domingo, Anderson Carmo participaria do evento "Homens de Sucesso", no Ministério Flordelis - Cidade do Fogo, em São Gonçalo.

Em nota, a assessoria informou que a morte de Anderson é uma grande perda para todos amigos e familiares.

"A família Flordelis, com dor, comunica o falecimento repentino do Pastor Anderson do Carmo, um servo de Jesus Cristo. A Deputada Flordelis, muito abalada, ainda não tem como se pronunciar. Neste momento, apertamos as mãos de Deus e imploramos o conforto Dele. O Pastor Anderson estava cumprindo um ministério maravilhoso de redenção de almas, em uma luta diária para evitar que o ódio continue a ceifar vidas por falta de Deus no coração dos seres humanos. Hoje é um domingo muito triste, muito triste em nossas vidas".

Damares lamenta morte de pastor

A ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, lamentou o caso nas redes sociais.

"Estou profundamente abalada com a notícia do assassino do meu querido amigo e pastor Anderson Carmo, esposo da minha também amiga deputada @Flordelismk. Uma pessoa ímpar, exemplo para tanta gente. Pai de 56 filhos, a maioria adotivos", escreveu a ministra.

14 de jun de 2019

[NOTA DE FALECIMENTO] - Irmã Erundina Souza da Silva



Partiu para estar com o Senhor na noite da última quinta-feira, 13 de junho de 2019, da irmã Erundina Souza da Silva aos 83 anos. Ela estava internada já há alguns dias tratando da saúde.

Irmã Erundina é esposa do pastor José Pereira da Silva, primeiro-secretário da ADBELÉM, com quem trabalhou por 44 anos na liderança do Setor 09 – Itaquera, até o ano de 2018, quando o mesmo pediu jubilação; após a jubilação o Ministério confiou a condução do Setor ao pastor Eliezer Pereira da Silva, filho do casal.

O velório esta acontecendo desde as 8h desta sexta (14), no templo-sede da ADBELÉM – Setor 09 – Itaquera sito à Rua Rio Imburana, 314; as 13h acontecerá o culto fúnebre e as 16h o sepultamento no Cemitério do Carmo II no mesmo bairro.


11 de jun de 2019

Programa Movimento Pentecostal retrata vida e legado da irmã Wanda Freire da Costa

Edição especial foi ao ar no último sábado 08 de junho de 2019


No último dia 05 de junho de 2019, foi promovida a eternidade a querida e inesquecível irmã Wanda Freire da Costa, esposa do pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente fundadora da União Nacional das Esposas de Ministros das Assembleias de Deus (UNEMAD), presidente e fundadora da Associação Beneficente e Promocional Belém e coordenadora geral do Departamento Feminino das ADs em São Paulo.

Como forma de homenagem, sua história de vida, obra e legado, bem como a cobertura completa de sua despedida foi exibida no último sábado (08) em uma histórica edição do programa movimento pentecostal, que é produzido pela CPAD.

ASSISTA AQUI



6 de jun de 2019

[NOTA DE FALECIMENTO] - Irmã Wanda Freire da Costa



Partiu para a Eternidade na noite da última quarta-feira, 05 de junho de 2019, a irmã Wanda Freire da Costa, fundadora da União de Esposas de Ministros das Assembleias de Deus no Brasil (Unemad) e esposa do pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente de honra da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) e presidente do Conselho Administrativo da CPAD.

“Minha princesa Wanda, você combateu o bom combate. Te amo para sempre. Você está deixando para todos nós um legado de mulher de fé, esposa, mãe, avó e bisavó”, publicou o pastor José Wellington em suas redes sociais anunciando a partida. Ele também publicou o texto Lucas 1.23: “E terminados os dias de seu ministério, voltou para casa”.

Professora e assistente social, Wanda Freire nasceu em 22 de setembro de 1934, em Fortaleza (CE), filha de Alfredo Porfírio Freire e Francisca de Assis Freire. Quando crianças, Wanda e José Wellington frequentavam a mesma igreja Assembleia de Deus em Fortaleza e se batizaram, aos 12 anos, no mesmo dia, em 7 de setembro de 1946.

Em uma viagem de evangelização em Itapagé, promovida pela mocidade, Wanda e José Wellington se conheceram melhor. A partir de então, passaram a conversar, oficializando o namoro em 14 de janeiro de 1950. Os pais tinham certo receio com relação ao namoro, já que ambos estavam no auge da adolescência, com apenas 15 anos.

Mesmo diante da preocupação das famílias, o casal resolveu assumir o compromisso do casamento, exatamente três anos mais tarde. Pastor José Wellington recordou esse episódio em matéria publicada na revista A Seara (CPAD) de junho de 1992: “Quando ficamos noivos, comecei a me empenhar para montar nossa casa. Eu sou 22 dias mais novo que ela. Estava com 17 anos quando chamei o irmão Alfredo e declarei que amava a filha dele, pedindo permissão para nos casarmos. Ele olhou para mim, sorriu e disse que ia falar com dona Francisquinha, sua esposa. À noite, quando voltei, ansioso pela resposta, dona Francisquinha me deu um sermão, fazendo com que eu sentisse a realidade do compromisso que estava assumindo. Falou-me que, em primeiro lugar, eu era muito novo; em segundo, devia ser mais crente para ser feliz no casamento; em terceiro, que eu precisava trabalhar para assumir as responsabilidades financeiras da casa. Disse ainda que Wanda era professora e não sabia fazer nada na cozinha. Imediatamente, respondi que iria contratar uma empregada para resolver este problema”.

Com muita dificuldade, o casal montou a primeira casa. Quando se casaram, em 14 de janeiro de 1953, eram feirantes. Após o nascimento do primeiro filho, José Wellington Costa Júnior, o casal se transferiu para São Paulo. Depois lhes nasceram os outros cinco filhos: Paulo Freire, Joel Freire, Samuel Freire, Marta e Rute. Quando José Wellington passou a trabalhar integralmente no Ministério da Assembleia de Deus de Belenzinho (SP), Wanda Freire ainda continuou à frente das lojas do próspero comércio que possuíam, para prover os recursos para a educação dos filhos.

Exercendo o trabalho de auxiliadora do ministério pastoral de José Wellington, Wanda Freire passou a liderar o Departamento Feminino da Assembleia de Deus em São Paulo, o Círculo de Oração e a Associação Beneficente e Promocional Belém, desenvolvendo um grande trabalho social no Estado. Sua história de vida e milagres é contada em seu livro Minhas Experiências com Deus, publicado pela CPAD.

Após pastor José Wellington ter assumido a liderança da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) a partir de 1988, Wanda Freire passou a trabalhar para que o segmento feminino das Assembleias de Deus, representado pelas esposas dos pastores, tivesse eventos de caráter nacional direcionados a elas, principalmente em paralelo com os encontros oficiais de seus esposos: assembleias gerais da CGADB e Encontro de Líderes das ADs (Elads).

Foi assim que ela liderou a organização e oficialização da União Nacional de Esposas de Ministros das Assembleias de Deus (Unemad) pela CGADB, em 1993, e presidiu o primeiro congresso da União Feminina das Assembleias de Deus (Ufadeb), realizado em 2000, em Belo Horizonte (MG). Irmã Wanda presidiu a Unemad até 2017, sendo sucedida na presidência pela sua nora, irmã Lídia Costa Dantas, esposa do atual presidente da CGADB e seu filho mais velho, pastor José Wellington Costa Junior.

Em 2000, ela foi uma das ganhadoras do título “Personalidade Brasileira dos 500 anos”, pelo grande trabalho social realizado em São Paulo. Além de suas funções na igreja e cuidados da família, Wanda Freire sempre acompanhou o pastor José Wellington em viagens e compromissos. Nos últimos anos, porém, estava enfrentando problemas de saúde, razão pela qual passou a viajar mesmos.