15 de nov de 2018

Pr. Adalberto Dutra secretário da CGADB é homenageado em Porto Alegre (RS)

Presidente da Convenção Gaúcha recebeu título de cidadão Porto-Alegrense



A Câmara Municipal de Porto Alegre promoveu, na tarde de terça-feira (13/11), sessão solene para outorga do Título de Cidadão de Porto Alegre ao presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas e Pastores da Assembleia de Deus no Estado do Rio Grande do Sul (Ciepadergs) e quinto secretário da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), pastor Adalberto dos Santos Dutra. Proposta pelo vereador Elizandro Sabino (PTB), a homenagem ocorreu no Plenário Otávio Rocha, com a presença do prefeito Nelson Marchezan Júnior.

“Tudo tem um tempo determinado. Esse ato marca a minha vida neste parlamento municipal”, iniciou Dutra ao agradecer as homenagens. “O maior tesouro que Jesus nos dá não é a fortuna, é o tempo que ele concede a todos nós”, declarou. “Faz 53 anos que participo da Assembleia de Deus. É por Jesus que estou aqui, hoje”, afirmou o pastor ao relatar que antes era católico confesso.

Em seu pronunciamento, Dutra contou parte de sua vida. Descreveu ter sido, no passado, um fumante ativo. “Com o passar dos anos me deparei com a bíblia. Descobri uma arma nas palavras de Deus e que só elas levam ao céus”, finalizou o homenageado ao recordar que antigamente não havia esse tipo de solenidade, porque “as autoridades não gostavam dos evangélicos”.

Reconhecimento

O prefeito Nelson Marchezan Júnior destacou a trajetória do pastor Adalberto Dutra. “Quando o conheci, meu pai havia falecido. Eu precisava de outros amigos. Entrei de uma hora para outra no ambiente pesado da política”, observou. “Ele (Adalberto) disse que eu seria um candidato compromissado com a coisa pública”, lembrou Marchezan ao citar a amizade do pai dele com Adalberto e a “herança de uma admiração”.

Após ler uma breve biografia do homenageado, Elizandro Sabino anunciou que entregaria o título não apenas na condição de vereador, mas como deputado estadual eleito. “Hoje, homenageamos alguém que, nos últimos anos, tem feito história tanto religiosa, quanto política”, disse. “Efetivamente, Dutra é reconhecido entre os porto-alegrenses e no Estado, porque sempre se envolveu com trabalhos sociais e com as pessoas menos favorecidas”, disse o parlamentar.

Também estavam presentes à homenagem: a esposa do homenageado, Lucena Silveira Dutra, quinta secretária da União Nacional das Esposas de Ministros das Assembleias de Deus (UNEMAD); o ex-vereador de Porto Alegre Eliseu Sabino, pai do proponente; o vereador João Carlos Nedel (PP); o presidente da Assembleia de Deus de Porto Alegre, pastor João Oliveira; o presidente da Assembleia de Deus de Guaíba, pastor Geraldino Silva; e o presidente da Assembleia de Deus de São Leopoldo, pastor Carlos Azeredo. Nas galerias, além da presença de admiradores e amigos do homenageado, estavam também as integrantes do Coral da União Feminina de São Leopoldo.

Homenageado

Adalberto dos Santos Dutra, natural da cidade gaúcha de Tucunduva, nasceu no dia 25 de abril de 1965. Aos 20 anos, batizou-se segundo o Evangelho. Funileiro de profissão, bacharel em teologia, acadêmico de psicologia e pós-graduado na docência do ensino superior, Dutra sempre se envolveu com trabalhos sociais. Foi sócio-fundador da Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae) de Horizontina (RS). Fundou o Lar Bom Pastor e a Escola Profissionalizante de Boa Vista do Buricá (RS).

Em 1983, foi empossado como presidente da Igreja Assembleia de Deus em Porto Lucena (RS). Um ano depois, a posse foi de pastor presidente na Assembleia de Deus em Palmeira das Missões (RS), onde ficou 14 anos no mandato. Nesse período, ajudou a construir 58 novos templos e deu continuidade ao trabalho social que anteriormente já desenvolvia. Juntamente com outros colegas, fundou a União dos Ministros das Assembleias de Deus dos Estados do Sul (Umadersul).

Em 1998, na cidade de São Leopoldo (RS), deu continuidade à investidura no cargo de pastor presidente. Na oportunidade, comprou um centro de eventos - local onde estabeleceu a Rádio Comunitária Alegria. À época, prosseguiu com o trabalho de mobilização da igreja, gerou impacto na evangelização urbana e fez crescer a instituição e a obra missionária em mais de dez países.

Atualmente, é o presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas e Pastores da Assembleia de Deus do Estado do Rio Grande do Sul (Ciepadergs) e quinto secretário da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

Fonte: Câmara Municipal de Porto Alegre