16 de mai de 2016

Assembleia de Deus em Poá (SP) vive sucessão Pastoral

Após 25 anos de liderança pastor José Guedes foi jubilado
Pastor Mazinho Barbosa é o substituto

Ao centro, pastor Wellington Junior, vice-presidente, ladeado a
esquerda pelo pastor Mazinho Barbosa e a direita pelo pastor Guedes
Por Pb. Tiago Bertulino
Jornalista

No dia 06 de maio de 2016, em culto solene dirigido pelo vice-presidente, pastor José Wellington Costa Junior, a Assembleia de Deus - Ministério do Belém em Poá (SP), Setor 42 recebeu seu novo Pastor Setorial. O pastor José Guedes Neto estava na liderança da referida igreja desde o ano de 1991, fazendo um grande e frutífero trabalho para o reino de Deus, com a sua jubilação, o pastor Mazinho Barbosa foi o escolhido pela diretoria do Ministério para o substituir.

Líderes de diversos setores da região estiveram presentes à reunião; o templo esteve repleto, diversas homenagens organizadas pela Igreja local foram dedicadas ao ilustre pastor Guedes e sua esposa irmã Creuza, que deixam na cidade um legado de fidelidade, respeito e dedicação ministerial. Crianças; adolescentes, jovens e senhoras apresentaram cânticos de adoração a Deus.


Quem chega para conduzir o Setor é um jovem, porém experiente obreiro; pastor Mazinho é casado com a irmã Aparecida Barbosa e pai de dois filhos; pastor Thiago casado com a irmã Naiara e o Diácono Lucas. Foi presidente do Campo de Tapiratiba (MG) por 17 anos e nos últimos dois anos esteve à frente do recém formado Setor 60 com sede na cidade de Santo André (SP).

Ambos os líderes foram unânimes em suas palavras de gratidão; tributaram a Deus toda honra e glória, agradecendo pelas bênçãos recebidas; ao ministério agradeceram a confiança e aos irmãos do Setor de Poá pediram que não deixassem de orar por eles, pois são carentes do favor e misericórdia do Senhor. O pastor Paulo Silva, líder do Setor 13 - Suzano (SP) orou pelo pastor Guedes e sua família, bem como pelo pastor Mazinho. Com oração conduzida pelo pastor Geraldo Silva, líder do Setor 49 - Jardim dos Pimentas (Guarulhos - SP), o culto foi encerrado.

Fotos Pr. Alexandre Junior/Cp. Gabriel Matias