16 de out de 2017

Plenárias do segundo dia de Congresso de Escola Dominical abordam os cinco pilares da Reforma

Durante a programação desta manhã, a Casa Publicadora das Assembleias de Deus foi homenageada com a Medalha de Mérito Pedro Ernesto


As plenárias do 9º Congresso Nacional de Escola Dominical terão todos os temas focados nas divisas que sustentam a Reforma Protestante: Só a EscrituraSó a FéSó a GraçaSó Cristo e Só a Deus Glória.

A manhã desta sexta-feira (13), iniciou com um devocional e hinos entoados pela equipe de louvor da CPAD. A primeira plenária do dia foi ministrada pelo pastor Claudionor de Andrade, consultor doutrinário da Casa, com o tema "Só Cristo - O único caminho para Deus". O pastor destacou "a importância de estudarmos a Pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo, focando, com a ajuda de Deus, as grandes perguntas cristológicas do Novo Testamento".

Ao longo da plenária, pastor Claudionor de Andrade abordou a Pessoa de Jesus como O Menino Rei, o Desejado de Todas as Nações, o Rei dos Judeus e o Filho do Deus Vivo, entre outros. Ao final, o palestrante convocou a todos os congressistas para, juntamente com o apóstolo Paulo, declarar: "Eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia". (2 Tm 2.12).

Na sequência, pastor Esequias Soares, presidente da Assembleia de Deus em Jundiaí (SP), iniciou a segunda plenária sob o tema "Só a Graça - Salvação oferecida a todos". Ele falou sobre os cinco pilares da Reforma Protestante, que foi uma reação ao pensamento medieval no tocante à doutrina da salvação ensinada pela Igreja Católica Romana. "Cada um dos cinco solae representa a chave de cada doutrina central dos reformadores do século 16 e se relacionam, contrapondo os ensinos da Igreja".

Ao longo da plenária, pastor Esequias abordou as 95 teses de Lutero, as Penitências, as Indulgências e, finalizou destacando um dos maiores legados que Lutero deixou para a Igreja: "a Salvação vem pela graça mediante à fé". "Jesus é Deus, Salvador. Ele tem a graça para nós. Somos salvos pela graça!", finalizou o líder.
Honra ao mérito

Durante a programação, a CPAD foi homenageada com a Medalha de Mérito Pedro Ernesto e certificado, por seu aniversário de 75 anos, completados em 2014. A comenda da Câmara Municipal do Rio de Janeiro foi dada em 2014, porém, só foi entregue nesta sexta, pelo pastor Marcos Rodrigues, assessor do vereador Chiquinho Brazão (PMDB-RJ), ao pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente do Conselho Administrativo da Casa. Na mesma oportunidade, Ronaldo Rodrigues de Souza, diretor executivo da CPAD, foi declarado oficialmente carioca, ao receber o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro. A entrega do certificado foi feita pelo pastor José Wellington.

Em seguida, o pastor José Wellington Bezerra da Costa, que também é líder da Assembleia de Deus Ministério do Belém, em São Paulo, e da Convenção Fraternal das Assembleias de Deus do Estado de São Paulo (CONFRADESP), ministrou a Palavra fazendo um paralelo dos 500 anos da Reforma com os 106 anos das Assembleias de Deus no Brasil. "Aos 106 anos da nossa igreja, já temos a necessidade de reformar alguma coisa. Reformar no sentido de que algumas igrejas têm se distanciado da santidade, e precisamos voltar a conservar a igreja santa. Jesus vem buscar uma igreja santa", enfatizou o líder.


A mensagem musical ficou por conta do cantor Marcelo Santos, da CPAD Music, que adorou a Deus com a música A morte vira vida, carro-chefe do CD Lugar Mais Alto que será lançado em breve. O Quarteto Gileade, também da CPAD Music, entoou a música Preciosa Graça.




Redação CPADNews