3 de nov de 2011

Pastor Miriano entrega liderança da AD em Dracena ao pastor Sales

Pastor Miriano Francisco (Esquerda), entrega o trabalho
ao pastor Francisco Sales

Depois de permanecer por 4 anos à frente da AD na cidade de Dracena, importante cidade da região da Alta Paulista, o pastor Miriano Francisco das Neves, deixou a sua  direção, nesta terça, dia 1. Em seu lugar assumiu o pastor Francisco Sales, vindo de São José dos Campos. Pastor Sales recebeu um presente, tendo em vista nesta quarta dia 2, ele completar 62 anos de idade.

A transmissão de posse aconteceu com o templo sede da igreja, totalmente lotado e foi presidida pelo presidente da AD Campinas, pastor Paulo Freire , sendo que os pastores José Felipe da Silva (Vila Guarani); Edson Melo (Diadema) e Paulo Moraes (Vila Carrão) comporam a comissão indicada pelo presidente do ministério do Belém, pastor José Wellington Bezerra da Costa para a realização do ato.

Pastor Miriano é prestigiado
Com uma salva de palmas a igreja manifestou todo os eu carinho pelo pastor Miriano, "homem correto, calmo e grande administrador" conforme afirmou o pastor Paulo Freire. Em 4 anos, investiu na obra missionária  e ainda comprou vários terrenos, veículos e outros bens, construindo 3 igrejas, sendo 2 catedrais e uma congregação. Pastor Miriano deixa Dracena e tem sua posse marcada para o próximo sábado,5, na cidade de Araçatuba.

Fachada do Templo-Sede da AD - Belém em Dracena (SP)
Diversos líderes  participam do culto
Foi registrado a presença  de diversos pastores presidentes no culto solene, dentre eles o pastor Elandi Mariano (Marília) que ministrou a palavra e ainda os pastores Leidir Ribeiro (Tres Lagoas MS); Aparecido Silva (Primavera); Benedito Flávio (Santa Fé do Sul);  Lucas Silva (Andradina) Israel Silva (Teodoro Sampaio);Julio Cesar ( Taubaté); Jonas (Presidente Venceslau); Raul José ( Osvaldo Cruz); Dirceu Mariano (Pacaembú) e Gedaias Silva (Adamantina) e muitos outros representantes. 


Diversos políticos da cidade e pastores de outras igrejas, inclusive da Igreja Presbiteriana também estiveram presentes  

Templo esteve repleto no culto de transição