4 de ago de 2017

Idosa prega para passageiros no aeroporto de Brasília há 24 anos

Mesmo sem ouvir desde os 38 anos, Dona Isaura decidiu dedicar sua vida pregando o Evangelho entre passageiros e funcionários do Aeroporto Juscelino Kubitschek

fonte: Guia-me / com informações de Metrópoles via CPAD News
Mesmo sem ouvir desde os 38 anos, aposentada Isaura Lima Lopes decidiu dedicar seus dias de vida levando a mensagem do Evangelho entre passageiros e funcionários do Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília.

A idosa de 83 anos anda pelos ambientes do aeroporto carregando um carrinho do próprio terminal com Bíblias e cartazes. Embora ela consiga falar, para se comunicar com ela, é preciso escrever em um pedaço de papel.

Dona Isaura nasceu em Goiana, município de Pernambuco, onde perdeu a mãe aos 11 anos. Ela foi noiva duas vezes, mas não chegou a se casar. “A partir daí, comecei a servir a Deus e costumo dizer que sou guiada por Ele”, disse ela ao site Metrópoles.

Cristo chamou Isaura para ser missionária aos 19 anos, no dia 7 de julho de 1953. Depois de chegar no Distrito Federal, em 1992, ela começou a evangelizar passageiros do Aeroporto JK, onde tem passado a maior parte de seu tempo nos últimos 24 anos.

A idosa sobrevive apenas com um salário mínimo da aposentadoria, que usa para ir a outros aeroportos, se alimentar e manter o aluguel de uma quitinete alugada na cidade de Valparaíso, em Goiás.

“Tem um ano e quatro meses que não vou em casa. Tudo que preciso está comigo. Estou aqui porque o Senhor me disse para vir falar neste lugar, pois os ricos passam por mim todos os dias. São pessoas que não querem saber de Deus, somente de dinheiro e das coisas terrenas”, afirma Isaura.

Embora o dinheiro seja pouco, Dona Isaura se mantém com doações que recebe de passageiros. “Nunca passo necessidade. Tem sempre alguém que me ajuda. Não peço nada a ninguém, mas o Senhor toca o coração das pessoas e elas trazem para mim”, explica.

Embora Dona Isaura tenha concluído apenas o ensino fundamental, sua fala e escrita não apresenta erros de concordância. Além disso, ela está por dentro da pauta política do país, como o fim do foro privilegiado.

“Deus abomina o foro, pois, com ele, os políticos se sentem no direito de fazer o querem e levarem o dinheiro da nação, acreditando que vão ficar impunes”, disse ela em um de seus cartazes.

Sua mensagem sempre atrai a atenção de passageiros como o professor universitário Gleyson Augusto Gomes, de 43 anos, que parou para ouvir Dona Isaura no ano passado e teve a vida transformada. “Ela olhou para mim e disse: ‘Deus vai te ensinar a Bíblia’. E Ele realmente me ensinou”, relatou.

Segundo Damyres Carvalho dos Santos, de 34 anos, a idosa é frequentadora assídua da panificadora Vitória, na qual ela é gerente. “Ela não é pedinte. Só usa o aeroporto para pregar. Todos aqui a conhecem”, ressaltou.


“No início, achei que ela era louca. Mas fui, aos poucos, entendendo a sua missão”, disse a operadora de caixa da panificadora, Daniela Nunes, de 25 anos.