1 de dez de 2011

"Há muitos desviados por profecias falsas", revela o Pr. José Neco

Presidente da AD em Alagoas falou sobre o dom ministerial dos profetas no culto de doutrina

Pastor José Antonio dos Santos é o
Presidente da Convenção e da AD em Alagoas,
da UMADENE e 5º vice-presidente da CGADB
O pastor José Antonio dos Santos, presidente da Assembleia de Deus em Alagoas, tocou em um assunto delicado com bastante tranquilidade e ousadia do Espírito Santo, na noite desta terça-feira (29), durante o rotineiro culto de doutrina no templo-sede do Farol, em Maceió. Referindo-se ao dom ministerial de profeta, citado em Efésios 4 ele revelou que há muitas pessoas ‘desviadas’ do evangelho nos dias atuais por conta de falsas profecias.



Estes ‘afastados’, conforme observação do ministro, ouviram supostas revelações divinamente inspiradas, confiaram que poderiam se cumprir, mas as expectativas fracassaram com o passar do tempo. Sem o cumprimento, os ex-membros da igreja fraquejaram na fé e saíram da rota do cristianismo.

O pastor Neco mesmo relatou que conhece pelo menos um rapaz que passou muitos anos longe dos caminhos da Verdade justamente por este motivo. Confiou numa profecia que somente depois descobriu que não tinha nada de Deus. Após um longo período distante, o homem voltou para Jesus mais experiente e com os pés no chão, de acordo com o presidente.

Apesar da existência deste tipo de profecia – a falsa – o pastor advertiu à Igreja para não deixar de crer na verdadeira, a que é divinamente inspirada. E pediu para que o povo de Deus busque entendimento com base na Bíblia Sagrada para discernir o que veio do céu, do homem ou do inferno. “Além disso, não se escandalize com as falsas profecias. Basta compreender quais são as verdadeiras”, orientou o ministro.

Outra situação comentada durante a instrução dizia respeito ao posicionamento de algumas pessoas que se travestem de ‘profetas’ e, em muitas vezes, não são identificados. Por outro lado, segundo o pastor Neco, há quem possui o dom de profecia – dado por Deus – mas não consegue desenvolvê-lo por conta da timidez ou por temor aos mal-entendidos.

Para ‘driblar’ as compreensões errôneas quando a mensagem de Deus precisa ser revelada ao povo, o líder assembleiano disse que nem sempre os que possuem este dom serão bem quistos entre a multidão. No entanto, segundo aconselhou, nem por causa disto estes servos devem titubear ou enterrar o presente divino. “Não estamos combatendo profecia, mas, sim, ao veneno que insiste em permanecer dentro da Igreja”, exclamou.

O estudo teve muitas citações bíblicas com subsídio e um panorama da profecia no Antigo Testamento e no Novo Testamento. No velho, segundo o pastor, o profeta entregava a mensagem de Deus ao homem. Ele transmitia a mensagem por meio do Espírito Santo para encorajar o povo a ser fiel. No Novo Testamento, a profecia trata da nova aliança.

Na verdade, esta foi a sequência do ensinamento preparado pelo pastor Neco sobre o aperfeiçoamento dos santos. Durante o ano, o estudo foi ministrado em várias terças-feiras e ainda não foi encerrado.

Siga-nos no Twitter: @PortalADAlagoas

Meu comentário:
Sou fã e admirador deste nobre homem de Deus, um grande líder da AD no Brasil, pastor José Antonio dos Santos. Nunca visitei sua igreja pessoalmente, mais sou amigo de uma de suas filhas e de seu genro, pessoas especiais que admiro muito. Acompanho tudo sobre a AD em Alagoas através do site, por vezes assisto a santa ceia e os cultos de ensino que são edificantes e fundamentais para nossa vida espiritual.

Reproduzo aqui a matéria, pois o tema além de ser envolvente e abrangente é de suma importância nos dias atuais, e deveria ser pregado e muitas outras igrejas, pelos seus pastores, para assim, afastar os falsos profetas que dizem, quando Deus não falou.

Tiago Bertulino