29 de mar de 2012

Tiririca dando de pastor


Depois da mulher com uma bomba fictícia (leia mais em Dilma e a Bomba), o gabinete deTiririca foi cenário de novo episódio inusitado na semana passada. Desta vez, Tiririca foi procurado por uma senhorinha aflita, que se dizia perseguida por inimigos imaginários.
Diante da aflição da mulher, Tiririca formou uma roda com dois assessores, colocou a mão na cabeça da mulher e disse:
– Eu vou orar para eles pararem de perseguir a senhora.
Impostando a voz como se fosse pastor, Tiririca passou a gritar: sai, sai, sai desse corpo…
Tiririca jura que a mulher saiu tranquilona do gabinete.

Por Lauro Jardim - fonte: Veja